segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Tecido na parede

Essa parede era texturizada. Resolvi tirar a textura (eu não gosto)e pintar. Pra minha surpresa a parede estava em péssimas condições. Daria muito trabalho. Passar massa, lixar e pintar. Fita a sujeira, cheiro de tinta. Optei por colocar um tecido. Demorei um pouco, mas valeu a pena. Gostei muito do resultado. Sem sujeira e sem cheiro.



quarta-feira, 19 de abril de 2017

Comprou um apartamento? Atenção a esses itens na hora da vistoria.

O que verificar no imóvel antes da mudançaAlém de dar atenção extra ao declive do piso em áreas molhadas, como banheiros e cozinhas, é preciso verificar outros elementos no imóvel para evitar surpresas desagradáveis após a mudança.Consultados pelo UOL, os arquitetos Andreia Hernandes, do escritório AHPH Arquitetura; Sarah Bonanno, da Tria Arquitetura e Thiago Papadopoli listaram o que você deve examinar antes de entrar de vez na nova moradia. Use esse checkist na vistoria.
  • Em apartamentos, observe as condições gerais da edificação, se há rachaduras e o estado dos acabamentos. Nessa primeira análise visual, procure detectar se há algum problema estrutural no prédio. Tente conversar com alguém que more no edifício sobre possíveis reclamações a respeito da estrutura do imóvel.
  • Faça a vistoria, de preferência, após ligarem a energia do imóvel. Usando seu celular com o carregador, teste todas as tomadas, atentando-se à quantidade e ao seu posicionamento no ambiente. Se possível, teste também os pontos de iluminação com um bocal e uma lâmpada. Você também pode checar a situação da fiação elétrica, retirando o espelho da tomada ou do interruptor.
  • Abra todas as janelas e veja se há boa ventilação. Visite o imóvel em horários alternados para observar a iluminação natural que entra nos ambientes. Verifique também se não há falhas nas portas e nas janelas, abrindo e fechando-as. Examine também a vedação das janelas.
  • Caso existam móveis instalados, cheque a abertura e o fechamento das portas e gavetas, o acabamento, o alinhamento e o estado das dobradiças. Confira se há acúmulo de pó de madeira, pode ser um sinal de cupins.
  • Para se assegurar de que o caimento do piso está correto, o teste com um balde de água pode ser insuficiente. Em banheiros, o ideal é que você consiga examinar isso já com o chuveiro instalado, ligando-o  e observando o escoamento da água por alguns minutos. Outro jeito é soltar uma bola de gude, por exemplo, no piso da cozinha, para ver se ela segue ou não para o ralo.
  • Avalie a qualidade da pintura nas paredes e tetos, observe se há bolhas ou manchas que podem sinalizar umidade. Também veja se os azulejos estão bem assentados e rejuntados.
  • Teste as torneiras e as descargas dos vasos sanitários. Confira se os registros estão bem vedados, sem vazamento. Nesses pontos de água, procure por marcas amarelas no revestimento, que podem denunciar umidade.

Karine Serezuella
Colaboração para o UOL

Estilo Uol Casa

terça-feira, 22 de novembro de 2016

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Silestone

O Silestone é um material industrializado feito com 93% de quartzo e resina de poliéster. É muito utilizado em ambientes internos principalmente em bancadas de cozinhas e banheiros, pois possui uma variedade de cores e é um material que proporciona muitas vantagens para esse uso.
Entre suas vantagens estão à alta resistência, que ganha dos granitos e mármores, objetos pontiagudos não riscam o produto e devido à baixa porosidade não mancham com líquidos e maquiagens. Com a proteção de antibacteriana garantem o máximo de higiene no material, mas a limpeza deve ser feito constantemente com sapólio e produtos a base de cloro. Mesmo resistente ao calor uniforme, objetos como panela ou assadeiras devem ser evitados devido à concentração do calor, pois quando entra em contato direto pode causar danos ao material.
Além disso, oferece muitas possibilidades na decoração do ambiente desde uma simples bancada com cortes tradicionais á uma mais diferenciada com acabamentos especiais e texturas minimalistas. Silestone é uma ótima opção para bancadas se quiser um produto que tenha um custo-benefício para a vida inteira.
Para quem ainda tem dúvidas, basta conferir algumas referências com o silestone em bancadas que vão perceber tem para todos os gostos e estilos.
Fonte: Decorfacil







sexta-feira, 2 de maio de 2014

Reparo de Tacos Soltos

 Quem tem piso de taco em casa sabe que com o tempo ele começa a soltar. Antes que o piso todo fique danificado e até cause algum acidente físico, você mesmo pode fazer o reparo. Acompanhe a seguir os passos para restaurar o taco solto. No entanto, se a área for muito grande, consulte um profissional para analisar as condições do revestimento e as opções de conserto

 Materiais: massa acrílica para madeira na cor do taco existente / cola branca / luva / lâmina de limpeza ou espátula metálica / fita crepe / aspirador de pó / pano úmido

 O primeiro passo é tirar os tacos soltos, deixando-os ao lado do local em que estavam instalados. Dessa forma, você saberá a posição correta na hora de recolocá-los. Para proteger suas mãos, use luvas ao executar todas as etapas seguintes

 Em seguida, com o aspirador de pó, retire a poeira e os resíduos que se acumularam ao longo do tempo no contrapiso e na base do taco 

 Feita a limpeza da sujeira acumulada no contrapiso e na base do taco, complete o vão com a cola branca e na sequência, recoloque os tacos na mesma posição original...

  ...e ao recolocar os tacos, aperte-os um pouco para acomodá-los novamente no contrapiso e nivelá-los ao restante do piso

 Após colar os tacos soltos, isole as bordas dos mesmos com fita crepe antes de iniciar a calafetação. Essa etapa consiste em preencher as juntas dos tacos com a massa acrílica para madeira que pode ser encontrada em lojas de material de construção e reforma. Compre-a na cor do piso. Se você 
desconhece a coloração do taco, leve-o na loja ou fotografe-o para mostrar ao vendedor

 Depois de isolar as bordas dos tacos com fita crepe, aplique nas juntas entre os tacos a massa acrílica com a ajuda da lâmina ou da espátula. Se ao passar a massa, você tenha sujado o taco, limpe a área com um pano úmido. Faça essa limpeza antes que a massa seque

 Feita a aplicação da massa acrílica nas juntas entre os tacos, espere secar por 24 horas. Depois desse período, tire a fita crepe...

 ... e o reparo dos tacos está pronto! 


Fonte:Uol
Créditos: Silvana Maria Rosso (reportagem visual e texto) / Aplicadora Master (www.aplicadoramaster.com.br - consultoria e reparo)